Situados em Montijo, dispomos de um serviço personalizado, altamente qualificado e focado nos nossos sócios, num espaço tão harmonioso que promete deslumbrar…

+351 212 311 317 Cais do Seixalinho, 2870-491 Montijo Seg a Sex: 7h - 23h Sáb: 9h - 20h Dom: 9h - 13h
Siga-nos
Image Alt

PumpAddicted

Dicas para Eliminar a Retenção de Líquidos

Tenho retenção de líquidos, devo beber menos água? Não!

Para combater a retenção de líquidos de forma eficaz é fundamental identificar a causa para poder tratá-la.

Mas afinal, o que é a retenção de líquidos?

O corpo humano é composto por cerca de 60% de água. Quando o nosso organismo não consegue eliminar os fluidos em excesso, acumula-os, provocando um edema (inchaço). Esse transtorno metabólico denomina-se de retenção de líquidos. Ocorre sobretudo no género feminino e acumula-se geralmente nas pernas, tornozelos e região abdominal.

 

A retenção de líquidos pode estar associada a variados fatores, tais como:

Falta de exercício físico;

Excesso de peso;

Medicamentos como cortisona ou ansiolíticos;

Alterações hormonais associadas à menstruação ou menopausa;

Algumas patologias (hipotiroidismo, hipertensão arterial, problemas cardiovasculares, insuficiência renal ou má circulação sanguínea).

 

No entanto muitas vezes a causa da retenção de líquidos passa por:

Alimentação desadequada (com elevado consumo de gorduras, açúcares e/ou sal);

Défice de minerais como magnésio e potássio;

Baixo consumo de água.

 

O que devo fazer para contrariar a retenção de líquidos?

Após identificada a causa que está a provocar a retenção de líquidos é fundamental tratá-la. No entanto existem 3 cuidados que devemos ter para combater mais eficazmente a retenção de líquidos.

Claramente devemos garantir um aporte hídrico adequado e para tal, devemos ter em conta principalmente a prática de atividade física e a temperatura a que estamos sujeitos ao longo do dia. O exercício físico deve ser regular, uma vez que promove o bom funcionamento do sistema linfático, e deve evitar o consumo de produtos industrializados que geralmente são ricos em gorduras sobretudo saturadas, em sal e em açúcares, aumentando assim o processo inflamatório.

Por forma a combater a retenção de líquidos, deve incluir no seu cardápio alimentos com ação anti-inflamatória como frutos vermelhos (uvas, mirtilos ou romã), legumes verde escuros ou a curcuma e incluir também gorduras insaturadas como peixes gordos (atum fresco, sardinha, salmão, cavala), frutos secos e linhaça.

O chá de cavalinha, hibisco ou dente-de-leão, devido ao seu efeito diurético, podem ser uma boa opção, no entanto, deve preferir a água simples como principal fonte de ingestão de líquidos.

Marque já a sua consulta de nutrição

Marcar

Dicas para conseguir beber mais água:

– Privilegie a água como bebida de eleição;

– Tenha sempre uma garrafa de água consigo;

– Adicione sabor à agua (chás, frutas na água, hortelã, funcho, canela, gengibre…);

– Mesmo quando estiver a beber outras bebidas, conjugue com água;

– Beba um copo de água antes das principais refeições;

– Instale uma aplicação no seu telemóvel para lembrá-lo de beber água;

– Defina pequenas metas diárias.

 

Não se esqueça que a água ingerida durante a prática da atividade física, não conta para a ingestão diária uma vez que, está a ser gasta naquele momento.

 

Denise Carvalho,

Nutricionista