Situados em Montijo, dispomos de um serviço personalizado, altamente qualificado e focado nos nossos sócios, num espaço tão harmonioso que promete deslumbrar…

+351 212 311 317 Cais do Seixalinho, 2870-491 Montijo Seg a Sex: 7h - 23h Sáb: 9h - 20h Dom: 9h - 13h
Siga-nos
Image Alt

PumpAddicted

A Evolução da Beatriz

Em janeiro de 2022 a Beatriz começou o acompanhamento nutricional, em junho já tinha perdido 10kg de peso, reduzido 10% de massa gorda e aumentado 12% de massa muscular, hoje sente-se mais confiante e energética… descobre o que mudou em 18 semanas!

Quando chegou à consulta de nutrição, apresentava um IMC de 30,16 (IMC saudável: 18,5 a 24,9) e uma percentagem de massa gorda de 41,5%. Mencionou que ingeria menos de 1L de água por dia, que não gostava de fruta e que já tinha feito várias dietas como jejum intermitente, dieta low carb, detox, terminando todas em efeito yoyo – descida rápida de peso, seguida de aumento do peso perdido mais uns quilos extra. Estes regimes alimentares demasiado rígidos e com um défice calórico muito elevado geram uma má relação com os alimentos e, muitas vezes, compulsão alimentar.

Em consulta foi estruturado um plano à medida dos seus objetivos e de acordo com as especificidades da Beatriz, agradável a gosto, saciante e sustentável ao longo do tempo, não foi aconselhada nenhuma dieta limitadora, mas sim uma reeducação alimentar, em que nenhum alimento é proibido, mas deve sim haver um maior destaque para alimentos ricos nutricionalmente.

Os resultados começaram a acontecer e de consulta para consulta fomos fazendo os ajustes necessários, substituímos alguns alimentos, privilegiámos as frutas e verduras típicas de cada época e tivemos sempre como base a sua evolução e a resposta metabólica para planear o ajuste seguinte. Hoje, apresenta um IMC de 25,72 (menos 5) e uma percentagem de massa gorda de 31% (menos 10,5%). Não foi uma descida de peso repentina ou acentuada, mas sim equilibrada, com uma redução média de 2kg por mês que lhe permitiu, em simultâneo, um aumento de 12% de massa muscular ao longo deste tempo. O progresso tem sido constante e sem pressa, até porque é precisamente isso que nos vai garantir os melhores resultados a médio/longo prazo.

Lembra-te que cada um tem os seus objetivos e a sua relação com os alimentos, é essencial percebermos quem temos diante de nós e de que forma podemos potencializar ao máximo cada individuo e cada metabolismo, até porque ‘a pressa é inimiga da perfeição’.

Marta Caldeira,
Nutricionista

Marca já a tua consulta de nutrição

    Marcar